Buscar
  • Felipe Bras

Wimbledon pagou seguro em caso de pandemia por 17 anos e agora receberá R$ 722 milhões

Se todo mundo tivesse se precavido como Wimbledon...


Uma semana depois do Grand Slam anunciar que cancelou sua edição de 2020 devido à pandemia do coronavírus, o jornalista Darren Rovell revelou detalhes surpreendentes do torneio que evitarão uma perda maior no faturamento de aproximadamente 250 milhões de libras, cerca de R$ 1,5 bilhão, que a competição gera.

Rovell revelou que a organização pagou um seguro de US$ 2 milhões anuais desde 2003 em caso de uma pandemia mundial, como o coronavírus.

Mesmo tendo gasto US$ 34 milhões, R$ 173 milhões, a organização irá receber uma compensação da seguradora de US$ 141 milhões, cerca de R$ 722 milhões.

"Nós temos sorte de ter o seguro e isso ajuda", disse Richard Lewis, chefe executivo de Wimbledon, ao jornal "The Guardian".


https://www.espn.com.br/tenis/artigo/_/id/6837314/wimbledon-pagou-seguro-caso-pandemia-agora-recebera-r-722-milhoes-mesmo-torneio-cancelado


4 visualizações

(37) 3371-2696

©2020 por TOTE SEGUROS. Orgulhosamente criado com Wix.com